Geral

RS: Polícia prende suspeito de fabricar armas em impressora 3D

Crédito: PC/ Divulgação

Objetos apreendidos pela Polícia Civil com o suspeito (Crédito: PC/ Divulgação)

Preso em flagrante, um homem de 27 anos foi detido na última sexta-feira (6) por posse acessório de arma e por tráfico de drogas. O suspeito foi encontrado pela polícia em Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre, em uma fábrica clandestina de peças de armas. As informações são do G1.

De acordo com a polícia, as armas eram produzidas em uma impressora 3D. No imóvel onde o homem foi preso, os agentes encontraram cinco impressoras, as quais estão avaliadas em cerca de R$ 15 mil. O funcionamento do maquinário ocorria 24 hora por dia.


O delegado Guilherme Calderipe relatou que a produção era comercializada via internet. Entre os produtos, o principal era de acessórios conhecidos como “kit roni”, usados para fornecer uma melhor estabilização da armas.

Já referente ao enquadramento no crime de tráfico, a Polícia Civil apreendeu com o suspeito porções de maconha.