Geral

RS: Mulher que aplicava golpe ‘bolsa-remédio’ é condenada em Porto Alegre

Crédito: Reprodução/Pixabay

Uma mulher de Porto Alegre (RS) foi condenada pela juíza Direito Betina Meinhardt Ronchetti, da 16ª vara Criminal de Porto Alegre/RS, por estelionato. A mulher se passava por agente de saúde, usando jaleco, e pedia que as vítimas colocassem cartões do banco com senha em um envelope para fazer o “cadastro” da “bolsa-remédio”. Ela chegou a conseguir até R$ 30 mil de idosos.

Flávia Alessandra posa de biquíni branco e recebe elogios: ‘Cada vez mais perfeita’

Negociações para libertação de prisioneiros no Iêmen fracassam

Ela visitava a casa das vítimas alegando ser médica, enfermeira ou pesquisadora. Então, pedia que colocassem os cartões de crédito em um envelope com a senha, lacrava, e falava para que não abrissem até segunda ordem. Em seguida, a mulher saia da casa, e ao voltar, dava um envelope semelhante às vítimas, mas com outros cartões dentro. Ela fazia falsas promessas e dizia conseguir remédios de forma gratuita. A criminosa foi identificada por uma das vítimas.

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio