Geral

RS: Homem mata esposa e filha e se suicida; polícia suspeita de feminicídio

Crédito: Divulgação

Na quarta-feira (13), Rosilei Luis Ilchenco, de 51 anos, matou a esposa, Adinar Maria Santini Ilchenco, 51, e a filha, Tainá Ilchenco, 19, e tirou a própria vida na sequência. Os três corpos foram encontrados dentro da casa da família, na cidade de Cruzaltense, Rio Grande do Sul. A Polícia Civil suspeita que o crime foi duplo feminicídio seguido de suicídio. As informações são do portal GZH.

Como não havia nenhuma carta ou anotação, a motivação do crime ainda é investigada.

A delegada Raquel Colbert informou que vizinhos ouviram os disparos e acionaram a polícia.

“Temos que esperar (passar) esse momento de maior comoção para começar a ouvir vizinhos e familiares. Não temos ainda a confirmação de qual horário esses tiros foram feitos”, relatou.

Informações preliminares da perícia indicam que as duas mulheres teriam sido mortas durante a noite de terça-feira (12) e o homem só se suicidou pela manhã do dia seguinte.

O corpo da esposa foi encontrado no corredor entre o banheiro e um dos quartos, a filha estava caída em cima da cama no seu cômodo e o homem se matou no quarto do casal.

As espingardas calibre 20 e 22 foram apreendidas pela polícia.

Devido à grande comoção, a Prefeitura de Cruzaltense decretou luto oficial de três dias.

A família foi velada no Ginásio Comunitário Nossa Senhora de Lourdes e, na sequência, enterrada no cemitério local.