Esportes

Palmeiras bate o Defensa y Justicia e segue 100% na Libertadores

A equipe argentina, que sofreu um surto de Covid-19, foi bem no primeiro tempo, contudo, Rony mais uma vez fez a diferença na competição continental e o Verdão venceu por 2 a 1

Palmeiras bate o Defensa y Justicia e segue 100% na Libertadores

 

Em partida válida pela terceira rodada da Libertadores, o Palmeiras foi até Buenos Aires e venceu o Defensa y Justicia por 2 a 1, no Estádio Norberto “Tito” Tomaghello. Rony (2x) marcou para os brasileiros, que visitam o Independiente del Valle na próxima terça-feira (11), às 21h30. Tripichio fez para os argentinos, que enfrentam o Universitario na quarta-feira (12), às 23h.

Valores atualizados! Estudo mostra os clubes com as maiores dívidas do Brasil

Com a vitória, o Verdão chega aos nove pontos e permanece com 100% de aproveitamento no torneio continental. Nas últimas três edições do torneio, o Palmeiras teve a melhor campanha na fase de grupos. A equipe de Beccacece segue com quatro pontos, na segunda posição do Grupo A.

COMEÇO MORNO

Apesar dos mais de 15 desfalques pela Covid-19, o Defensa y Justicia começou a partida buscando jogo e atacando o Palmeiras, principalmente entre os volantes.

O Verdão rodava a bola e esperava pela movimentação dos jogadores de ataque, que não conseguiam se infiltrar na zaga argentina.


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



A primeira boa chegada da partida veio com os argentinos. Victor Luís deu passe errado para trás, Bou recebeu e mandou para a entrada da área. Benítez, que pegou firme de primeira chutou, mas a bola foi por cima do gol.

JOGO DURO E TRUNCADO

A primeira chegada de perigo do Palmeiras veio em chute de longa distância. Victor Luís ficou com o rebote do escanteio e arriscou, mas Unsain fez a defesa.

Ambas equipes não conseguiam dar sequência nas jogadas, e o jogo passou a ficar cada vez mais violento, com o árbitro dando três amarelos para jogadores argentinos e expulsando um membro da comissão técnica de Abel Ferreira.

Nos acréscimos da primeira etapa, Rony teve a grande chance da partida. Ele recebeu pela esquerda, avançou e chutou na saída de Unsain. O arqueiro fez ótima defesa.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DE TODOS OS GRUPOS DA LIBERTADORES

RONY, O SENHOR LIBERTADORES

Na volta do intervalo, Abel Ferreira optou por uma mudança no meio-campo, colocando Felipe Melo na vaga de Danilo.

Com dois minutos no segundo tempo, o Palmeiras inaugurou o marcador. Luiz Adriano recebeu de Patrick de Paula e deu lançamento milimétrico para Rony bater cruzado, na saída de Ulsaín.

Com o gol sofrido, o Defensa y Justicia passou a adotar uma postura mais ofensiva, e inevitavelmente cedeu espaços ao Verdão, que chegou ao segundo tento na partida.

Em contra-ataque puxado por Raphael Veiga, o meia tocou na direita para Luiz Adriano. O atacante deu outro ótimo passe cruzado para Rony, que ampliou a vantagem palmeirense.

ESPERANÇA ARGENTINA

A bola parada dos mandantes vinha dando trabalho aos brasileiros, e foi assim que a equipe de Beccacece diminuiu a vantagem. Aos 22, o Defensa cobrou falta pela direita. A bola passou por todo mundo e Tripichio apareceu livre para desviar com a ponta da chuteira.

O Verdão respondeu ao gol sofrido com Raphael Veiga. O camisa 23 recebeu cruzamento de Luan, e livre, mandou para fora.

Nos 10 minutos finais, o Palmeiras conseguiu diminuir a velocidade da partida, neutralizou as chegadas do Defensa y Justicia e saiu de Bueno Aires com mais três pontos na Libertadores.

FICHA TÉCNICA
DEFENSA Y JUSTICIA 1 x 2 PALMEIRAS – COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA

Data: 4 de Maio de 2021
Horário: 21h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio Norberto “Tito” Tomaghello, em Buenos Aires-ARG
Árbitro: Wilmar Roldan-COL
Assistentes: Miguel Roldan-COL e Sebastian Vela-COL

GOLS: Rony (2 ’2ºT) (0-1), Rony (10 ’2ºT) (0-2), Nicolás Tripichio (21 ’2ºT) (1-2)
Cartões amarelos: Gabriel Hachen, Walter Bou, Raúl Loaiza, Emanuel Brítez e Juan Rodríguez (DYJ); Victor Luís (PAL)
Cartão vermelho:

DEFENSA Y JUSTICIA (Técnico: Sebastián Beccacece)
Unsaín; Juan Rodríguez, Emanuel Brítez e Néstor Breitenbruch; Matías Rodríguez, Nicolás Tripichio e Raúl Loaiza (Ortíz, 44/2ºT), Benítez e Nahuel Gallardo (Felipe Ríos, 1/2ºT); Gabriel Hachen e Walter Bou

PALMEIRAS (Técnico: Abel Ferreira)
Weverton; Luan, Gustavo Gómez e Renan; Marcos Rocha e Victor Luís; Danilo (Felipe Melo, 1/2ºT), Patrick de Paula (Danilo Barbosa, 29/2ºT) e Raphael Veiga (Mayke, 46/2ºT); Rony e Luiz Adriano (Wesley, 35/2ºT)

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS