Economia

Ronaldo Caiado (DEM) defende união de prefeitos e governadores pela reforma

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), defendeu, em artigo à Folha de S.Paulo neste domingo, 28, que governadores e prefeitos devem ter protagonismo na defesa da reforma da Previdência, independentemente da posição ideológica. Caiado afirmou que é tarefa das três esferas federativas “reconstruir” o País e destacou que governos estaduais e prefeituras já se encontram em “condições de ingovernabilidade”.

“A reforma da Previdência e o ajuste fiscal, portanto, se impõem como emergências e para além das divergências, sejam quais forem. Nesse sentido, não existem governadores ou prefeitos de oposição; todos estão na mesma situação, todos são governo, sócios da mesma crise, não importa a orientação ideológica ou o partido”, defendeu. “Um governador do PT não está em melhor ou diferente situação da minha, que sou do DEM. As demandas e urgências são as mesmas. Como tal temos de compartilhar soluções, encontrar caminhos comuns, em sintonia com o governo federal”, completou no fim do artigo.

Segundo Caiado, excluir os representante do Executivo estadual e municipal do contexto da reforma, como se cogitou na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, indica uma forma “simplória de fragmentar esforços e enfraquecer a unidade contra a crise”.

Nesse sentido, o governador de Goiás sugeriu que os deputados, se entenderem que pode facilitar o processo, proponham emendas para permitir que os governadores e prefeitos comecem suas próprias reformas sem terem de esperar pela que tramita na esfera federal.

“O Congresso, por óbvio, é o âmbito dessa discussão, mas nós, que temos responsabilidade governativa, não podemos ter postura passiva diante desse debate.”

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

No artigo, Caiado ainda saiu em defesa do governo de Jair Bolsonaro, dizendo que o presidente iniciou seu mandato cuidando dos dois “flancos” mais vulneráveis do País: a segurança pública e a economia.

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?