Esportes

Rogério Ceni lamenta gol sofrido no início e admite atuação abaixo do Flamengo: ‘Erros técnicos simples’

Treinador avalia que equipe não desempenhou o nível habitual e atentou para os contra-ataques adversários de olho na estreia na Libertadores

Rogério Ceni lamenta gol sofrido no início e admite atuação abaixo do Flamengo: ‘Erros técnicos simples’

Após conquistar a Supercopa do Brasil, o Flamengo foi surpreendido pelo Vasco e saiu derrotado por 3 a 1, nesta quinta-feira, no Maracanã. Com a derrota, o Rubro-Negro perdeu a chance de reassumir a liderança da Taça Guanabara. O clube ocupa a segunda posição, com um ponto a menos que o líder Volta Redonda.

Em entrevista coletiva após o clássico, Rogério Ceni destacou que a equipe esteve em um nível abaixo tecnicamente e isso acabou sendo um fator determinante para o resultado negativo.

+ ATUAÇÕES: Escolhas de Ceni não funcionam e Flamengo tem noite ruim; Bruno Viana recebe pior nota

– Tivemos erros técnicos simples. Começamos de novo tomando um gol com menos de cinco minutos, dessa vez de bola parada. A gente treina muito, mas não conseguimos zerar no placar nesse sentido. Eu acho que o time correu bem, batalhou, mas tecnicamente esteve abaixo apesar de criar algumas chances de gol.


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Outro tema da coletiva foi a fragilidade defensiva do Flamengo para segurar os contra-ataques do Vasco. Para Ceni, o Flamengo não irá mudar o estilo de jogo agressivo, mas tem que atentar mais para evitar as descidas rápidas do adversário.

– É uma tônica do jogo do Flamengo: ter mais posse de bola e finalizar mais que os adversários. É a nossa proposta de jogo. Temos que nos concentrar mais para sofrer menos contra-ataques e dar menos oportunidades de gol aos adversários. Não vamos mudar o nosso jeito de jogar. Temos que entender que o contra-ataque parte a partir do momento da perda da bola, temos que encaixar mais.

Sobre o gol sofrido nos minutos iniciais da partida, Ceni atribuiu a uma falha de marcação na cobrança de escanteio. No lance, Filipe Luís não acompanhou Léo Matos, que subiu mais alto que Bruno Viana e abriu o placar para o Vasco.

– Não digo que foi uma falta de atenção, mas uma falha de marcação. Nós temos sempre jogadores incumbidos de fazer a marcação individual mais o zagueiro que fica atrás para pegar a bola no segundo pau. Já tínhamos alertado como era puxada de bola do Vasco. Foi uma bola bem batida e o ofensivo do Vasco superou nosso coletivo defensivo.

+ Confira a tabela completa do Campeonato Carioca

Com um time alternativo, o Flamengo volta a campo neste sábado, às 21h (de Brasília) para enfrentar a Portuguesa, também pela Taça Guanabara. Na sequência, na próxima terça-feira, o Rubro-Negro estreia na Libertadores, contra o Vélez Sarsfield, na Argentina.

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS