Esportes

Roger exalta méritos do Fluminense e responde críticas: ‘Gostaria de poder comemorar, saborear um pouco’

Tricolor bateu novamente o Cerro Porteño e garantiu vaga nas quartas de final da Libertadores; adversário é o Barcelona de Guayaquil

Roger exalta méritos do Fluminense e responde críticas: ‘Gostaria de poder comemorar, saborear um pouco’

durante a vitória do Fluminense sobre o Cerro na Libertadores (Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC)


O Fluminense venceu novamente o Cerro Porteño (PAR), desta vez por 1 a 0, e carimbou a vaga nas quartas de final da Libertadores. Após a partida, em entrevista coletiva ainda no Maracanã, o técnico Roger Machado exaltou o Tricolor, disse que pretende elevar o nível, mas não se mostrou feliz com as críticas sobre a atuação da equipe. Com o resultado, o Flu encara o Barcelona de Guayaquil (EQU) na próxima fase.

+ ATUAÇÕES: Fred faz gol de pênalti e Fluminense se classifica; Marcos Felipe se destaca em defesas difíceis

– Não esperamos o adversário no nosso campo. Eles buscaram nos envolver porque tinham dificuldade e a diferença no placar. Fizemos jogo duro, quem passa para essa fase não tem facilidade. O resultado no agregado foi 3 a 0. Não dá para imaginar que diante de um adversário forte nessa fase vamos dominar sempre o jogo. Acho que fizemos uma boa partida e classificamos com mérito. Gostaria de poder comemorar um pouquinho a classificação para as quartas de final e saborear um pouco essa passagem importante, mas ainda precisamos explicar como as coisas acontecem dentro de campo – avaliou.

Na competição, o Flu passou da fase de grupos em primeiro, à frente do River Plate (ARG) e eliminando Junior Barranquilla (COL) e Independiente Santa Fe (COL). Agora nas quartas deixa o Cerro para trás com vitórias por 2 a 0 no Paraguai e 1 a 0 no Maracanã.

Veja todos os confrontos da Libertadores

– A gente fez parte de um grupo difícil e muitos afirmaram que teríamos dificuldade de ser competitivos nesse grupo, e aí nós passamos em primeiro. Passamos do Cerro vencendo os dois jogos e gradativamente as dificuldades vão aumentar. Vamos buscar elevar o nível, competir cada vez mais e tornar essa disputa igual para que a gente tenha condições de avançar à próxima fase.

Mesmo vivo em três campeonatos (Copa do Brasil, Libertadores e Brasileirão), o Fluminense segue recebendo críticas dos torcedores por conta do rendimento abaixo da equipe. No último sábado, a equipe reverteu o placar contra o Criciúma, da Série C nacional, após perder por 2 a 1 fora de casa. Roger explicou porque o elenco não mostrou o que se esperava e a repetição de escalação.

– Não temos um time de jogadores habilidosos, mas técnicos, que competem pela bola. Disse que a torcida podia esperar um time competitivo, que quando tivesse condições iria jogar e quando não tivesse brigaria pelo resultado. Vi um time buscando e não desistindo até o último minuto, competindo, tendo coragem e confiança, assim como foi contra o Criciúma fora de casa. Fomos derrotados porque o adversário naquele dia foi mais competente. Não era porque foi derrota que faríamos terra arrasada e mudaremos tudo. A mudança é que jogamos bem esses últimos dois jogos – disse o treinador.

– O nível de exigência do futebol brasileiro é sempre alto. O torcedor quer sempre que vença e dê espetáculo, está no seu direito. Agora, a gente que trabalha do lado de cá sabe com é difícil competir em três frentes. Eu trabalho há 30 anos no futebol e a avaliação definitiva sobre um jogador de futebol é só depois que ele para. A avaliação definitiva de um treinador só acontece quando ele morre. Ao longo da trajetória, a gente vai ser competente e incompetente de acordo com os resultados. Não há nada de errado, é como as cosias acontecem no nosso meio – concluiu.

O jogo de ida das quartas contra o Barcelona (EQU) acontece já no próximo dia 12, quinta-feira, no Maracanã, às 21h30. A volta, no Equador, é no dia 19, no mesmo horário. Agora o Flu volta as atenções novamente para o Campeonato Brasileiro, de onde vem de duas derrotas consecutivas. No domingo, a equipe visita o América-MG às 16h.

– Todo material detalhado e avaliação do adversário já estão sendo preparados, mas não vai ter nenhum projeto. O projeto é nosso jogo do final de semana no Brasileirão. Aproveitar para comemorar um pouco a classificação para as quartas de final. A partir dos dias que antecederam o jogo vamos começar a projetar. Se não vencermos no domingo sabemos que as críticas voltam. Já sabemos que o Barcelona é um grande adversário. Assisti aos jogos e sei que joga muito bem com a bola no chão – finalizou.



Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ A motos mais roubadas em 2021
+ “Prefiro ser julgada com os milhões que vão cair na minha conta”, diz Aricia Silva ao criar perfil no OnlyFans