ISTOÉ Gente

Rodrigo Motta, do clipe ‘Vai Malandra’, de Anitta, é morto no Rio

Crédito: Reprodução/YouTube

O modelo Rodrigo Motta, de 28 anos, que participou do clipe Vai Malandra, da cantora Anitta, foi assassinado no Rio de Janeiro na segunda-feira, 9. Ele chegou a ser atendido no Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, zona sul da cidade, mas não resistiu. A Delegacia de Homicídios registrou o caso, mas não deu mais informações sobre as circunstâncias da morte.

Veja também

• ‘Foi o show mais feliz da minha vida’, declara Anitta após se apresentar no Rio
• ‘Poderia ter sido eu’, diz Anitta sobre mortes em Paraisópolis
• Após comentarista desejar sua morte, Anitta responde: “Inacreditável”

“Meus sentimentos à família e amigos do Rodrigo Motta, que participou do meu clipe de Vai Malandra. Recebi essa notícia pela internet e fiquei estarrecida”, escreveu a cantora. “Matar ou morrer virou algo banal no Rio de Janeiro. Isso tem que acabar”, completou.

A música Vai Malandra é uma parceria de Anitta com Tropkillaz, DJ Yuri Martins, Maejor e Mc Zaac. O videoclipe foi gravado no Morro do Vidigal, na zona sul da capital. Nele, Motta aparece de sunga, passando óleo em mulheres.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?