Brasil

Roberto Jefferson usa conta da filha após ser excluído do Twitter: ‘Alexandre, não temo sua tirania’

Crédito: Valter Campanato/ Agência Brasil

Assim como aconteceu com vários usuários bolsonaristas do Twitter, o perfil do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB) também foi suspenso. Com isso, o político usou a conta da sua filha e pré-candidata à prefeitura do Rio de Janeiro para tuitar nesta sexta-feira (24).

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Jefferson foi um dos atingidos pela determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Morais.

O ex-deputado mudou o nome do Twitter da filha de Cristiane para “Roberto Jefferson censurado”.

“Amigos aqui é Roberto Jefferson. Entrei na conta da minha filha para agradecer a todos pelo apoio. Em breve estaremos juntos novamente! Alexandre, não temo sua tirania”, publicou.

Além de Roberto, outras contas de políticos, ativistas, blogueiros e empresários tiveram suas contas suspensas da rede social. Ao todo, no Twitter foram 17 perfis.

Em comunicado, Facebook e Twitter afirmaram que a medida foi tomada por conta da decisão judicial do STF.

Veja também

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea