ISTOÉ Gente

Roberta Miranda revela pedido inusitado de fãs: “Me pediram rim e pulmão”

Crédito: Divulgação

Em uma participação especial no programa ‘Se Joga’, da TV Globo, nesta quarta-feira (22), a cantora Roberta Miranda recebeu uma homenagem de amigos e familiares relembrando sua carreira e falando coisas mais intimas e particularidades dela.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Em um recado deixado por seu sobrinho, ele falou sobre o amor que sente pela tia e relembrou um fato curioso onde presenciou uma fã fazendo um pedindo peculiar para Roberta Miranda.
“Ei fique surpreso quando pediram para a minha tia um rim. Um mulher se aproximou dela e fez o pedido”, disse o sobrinho dela.

A cantora que estava no palco do programa recebendo a homenagem, deu risada e disse para a apresentadora Fernanda Gentil que além do rim, já pediram para ela um pulmão. Fernanda ficou chocada com os pedidos e perguntou para a cantora se ela fez as doações, ela sorrindo, disse: “Não, não fiz”.

Aproveitando os pedidos inusitados dos fãs de Roberta, Gentil reforçou a importância da doação de órgãos.

Veja também

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea