Geral

RJ: Sargento da PM acusado de estupro tem prisão decretada pela Justiça

Crédito: Reprodução

O sargento Leonardo Lourenço da Silva teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. O policial militar é acusado de estupro por uma produtora cultural, de 31 anos, em Copacabana, no Rio de Janeiro. Segundo a denúncia, o PM teria entrado no apartamento da vítima e tentado tirar a roupa dela à força. As informações são do jornal Extra.

Conforme o Ministério Público do Rio, a produtora cultural afirmou que o policial foi até a casa dela no último dia 24 com a desculpa de que estaria colhendo informações sobre uma ocorrência de uma briga entre vizinhos registrada dias antes.

De acordo com a denúncia, o sargento “dominou a vítima, valendo-se de sua maior força física, chamando-a de ‘X9’, e tocando o corpo da vítima em várias partes, apalpando seus seios e introduzindo os dedos em sua vagina”. Segundo as investigações, o PM fugiu às pressas do apartamento da mulher quando recebeu uma ligação de um oficial supervisor.

A denúncia assinada pelo promotor Paulo Roberto Mello Cunha Jr foi aceita pela juíza Ana Paula Pena Barros, da Auditoria Militar do Tribunal de Justiça.

Ainda conforme o Extra, a vítima fez exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (lML). O laudo atestou “vestígios de ato libidinoso diverso da conjunção carnal”, por “ação violenta contundente”.

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago