Geral

RJ: Professora tem carro metralhado ao entrar por engano em comunidade

Crédito: Reprodução

Na última segunda-feira (23), uma professora teve o carro da favela Vila Aliança, em Bangu, no Rio de Janeiro.



+ Menino de 6 anos cai do 4º andar de prédio; pai acusa madrasta de jogar a criança
+ ‘Tentou me matar diversas vezes’, diz jovem que teve o rosto tatuado pelo ex-namorado
+ VW Gol 42 anos: veja a história e quantos estão circulando em SP
+ OVNIs: Pentágono revela mais de 1.500 documentos secretos

De acordo com a Polícia Militar, os criminosos teriam confundido o veículo em que ela estava com o filho com uma viatura policial. As informações são do EXTRA.

Mãe e filho, que vinham do Paraná, procuravam por um hotel quando foram alvejados pelos criminosos. Tentando escapar dos tiros, a mulher perdeu o controle do carro e acabou atropelando um homem identificado como Eduardo da Silva Guilherme, que teve escoriações múltiplas e não resistiu aos ferimentos.

A mulher foi encaminhada para o Hospital Albert Schweitzer com ferimentos de bala no pé esquerdo e na perna direita.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, seu estado de saúde é considerado estável.