Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Um vídeo do vereador do Rio de Janeiro (RJ) Gabriel Monteiro (sem partido) mantendo relações sexuais com uma adolescente de 15 anos foi vazado. De acordo com a Polícia Civil, o caso está sendo investigado. As informações são do jornal O Globo.

Conforme a jovem e a mãe dela, a relação com o vereador foi consensual. A adolescente contou ainda que o relacionamento entre os dois começou há dez meses e seria de conhecimento de sua família. Ela afirmou ainda ter dito ao vereador que tinha 18 anos.

Após o vazamento da gravação, o político e a família da jovem prestaram queixa na segunda-feira na 42ª DP (Recreio). Em depoimento, a jovem disse também que autorizou a gravação da relação sexual uma única vez.

A adolescente relatou aos policiais que foi avisada sobre o vazamento pelo parlamentar, que orientou ela a não dar declarações sem a presença do advogado dele. Gabriel Monteiro explicou aos agentes que não sabia a idade da jovem.

Segundo o parlamentar, as imagens estavam em seu celular, ao qual tinham acesso somente seus ex-assessores. Os dois vêm acusando o político de assédio moral e sexual. O vereador alegou ainda que ambos estariam recebendo dinheiro do que chamou de “máfia dos reboques” para roubar dados e forjar provas contra ele.

Procurado pelo O Globo, um dos assessores negou as acusações. Já o outro ex-funcionário não respondeu aos contatos feitos pela reportagem.