Geral

RJ: Paes sanciona projeto de lei para dar nome de Henry Borel a escola

Crédito: Reprodução/ Instagram

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, sancionou na terça-feira (13), um projeto de lei que dá o nome do menino Henry Borel, morto em 8 de março, à próxima escola municipal a ser construída na cidade. O texto foi publicado no Diário Oficial do município desta quarta-feira (14). As informações são do R7.

A proposta é de autoria dos vereadores Marcio Ribeiro (Avante) e Marcio Santos (PTB). Segundo as investigações da morte de Henry, o vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho (sem partido), submetia a criança a sessões de tortura. O parlamentar teve o mandado cassado no último dia 30.


Mesmo tendo conhecimento das violências praticadas pelo namorado contra o filho, a mãe dele, Monique Medeiros, não fazia nada para impedir. Laudo do Instituto Médico Legal revelou que o menino, morto no dia 8 de março, sofreu 23 lesões, três delas na cabeça, e morreu devido a uma hemorragia no fígado provocada por ação violenta.

O casal está preso preventivamente pela morte do menino.