Brasil

RJ: operação apreende mais de R$ 6 milhões em endereços de ex-secretário de Saúde

Crédito: Divulgação

Dinheiro encontrado nos endereços de ex-secretário do Rio de Janeiro (Crédito: Divulgação)

Após prender Edmar Santos em operação nesta sexta-feira (10), o Ministério Público também apreendeu aproximadamente R$ 6 milhões em dinheiro nos endereços ligados ao ex-secretário de Saúde do Rio de Janeiro.

A prisão, na casa do ex-secretário na Zona Sul da capital fluminense, foi efetuada pelo Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (Gaecc), com apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ) e da Delegacia Fazendária da Polícia Civil, um segmento da Operação Mercadores do Caos.

Além da quantia, bens e valores de Edmar foram confiscados judicialmente até que atinjam R$ 36.922.920, valor correspondente ao que o ex-secretário desviou dos cofres públicos em três contratos fraudados, segundo o MP.

Os contratos eram para compra de equipamentos médicos para abastecer o sistema público de saúde durante a pandemia de Covid-19.

 

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?