Geral

RJ: Menina de 5 anos morre após explosão por vazamento de gás

Crédito: Reprodução

A pequena Maria Eduarda Gomes da Silva, de 5 anos, morreu neste domingo (29) no Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias (RJ). A criança estava internada em estado grave desde o dia 25 quando houve uma explosão por vazamento de gás na casa onde ela morava em São João do Meriti (RJ). As informações são do jornal Extra.

De acordo com o hospital, a menina teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. Ela foi uma das quatro vítimas de queimaduras internadas após a explosão de um botijão de gás. Maria Eduarda sofreu queimaduras de segundo grau em 55% do corpo. Os outros três integrantes da família seguem internados.

O pai da menina, Jorge Luís Pereira da Silva, de 45 anos, e a mãe, Jéssica Gomes da Silva, de 25, estão no CTI em estado grave, mas estável. Um menino de 8 anos também está internado e respira sem a ajuda de aparelhos.

A Polícia Civil investiga o caso na 64ª DP (São João de Meriti) e apura o que teria causado a explosão. O local foi periciado e testemunhas estão sendo ouvidas. No total, oito pessoas ficaram feridas.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel