Brasil

RJ: Hospital de Bonsucesso teve queda de verba e não tinha certificação dos Bombeiros

Crédito: Reprodução TV Globo

Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio de Janeiro (Crédito: Reprodução TV Globo)


O Hospital Federal de Bonsucesso (HFB), na Zona Norte da capital fluminense, sofreu com um incêndio nesta terça-feira (27). Até o momento, três pacientes morreram por conta do incidente, dois estavam em tratamento contra a Covid-19, o terceiro não teve informações divulgadas a respeito.

No início da pandemia do coronavírus, o HFB foi anunciado como uma unidade referência para o combate à doença. As chamas começaram a se espalhar pelo subsolo do almoxarifado do prédio 1, no começo deste manhã, o que dificultou o acesso ao local. Até o momento não foi divulgado a causa do incêndio.

A unidade já tinha sofrido com a queda em seu orçamento do governo federal em 11%, em comparação com a gestão de Michel Temer, de acordo com dados do Portal de Transparência da União.

Falta de certificação do Corpo de Bombeiros

O secretário de Defesa Civil e Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, coronel Leandro Sampaio Monteiro, confirmou que o Hospital Federal de Bonsucesso não possui o Certificado de Aprovação dos Bombeiros, além de duas anotações de infração.

Leandro explicou que a interdição da unidade de saúde é “praticamente impossível” por conta das centenas de leitos e atuação no combate à pandemia.

“Quando assumi, há 30 dias, pedi uma grande reunião com todos hospitais, não é só o HFB que tem problemas. Mas é muito difícil, quase impossível, interditarmos hospital com 600 leitos”, revelou o secretário.

“Nosso código de segurança contra incêndio é legislação da década de 70 e é difícil prédio antigo se adequar. O hospital não estava adequado. Não possui certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros. Mas eles têm brigada de incêndio atuante, e estavam aumentando contato conosco”, ressaltou.

Como o edifício é antigo, os Bombeiros tiveram dificuldades de chegar no foco das chamas. O comandante também afirmou que 52 dos 300 pacientes que estavam no local do incêndio já foram transferidos para outras unidades.

“A fumaça sai dos dois prédios, porque os prédios 1 e 2 são ligados. Já entramos na operação de rescaldo. Acredito que as vítimas com risco já foram removidas e não teremos mais perdas”, informou.

 

 


Saiba mais
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua