Geral

RJ: Homem morre em padaria que fica aberta até corpo ser recolhido

Crédito: Reprodução/Twitter

Um morador de rua morreu no último sábado (28), em uma padaria em Ipanema, no Rio de Janeiro. O tratamento dado pelo estabelecimento ao homem gerou indignação nas redes sociais.

Segundo um cliente da padaria, após a morte do homem os responsáveis pelo estabelecimento colocaram cadeiras ao redor do corpo para que os clientes não tropeçassem e o cobriram com um saco de lixo, que deixava os pés da vítima à mostra. O funcionamento do local seguiu normal por duas horas, até que as autoridades chegaram para removê-lo.

Um outro freguês chegou a pedir que o responsável pela padaria fechasse a loja, por preocupação sanitária e humanitária. O responsável respondeu o cliente dizendo: “Ninguém teve humanidade quando ele estava jogado na rua. Agora que morreu jogado na minha padaria querem que eu tenha humanidade”.

A vítima tinha o hábito de ir ao local todos os dias para pedir que lhe pagassem um café e um pão com manteiga.

Confira a indignação na web:


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel