Geral

RJ: Ex-diretor de hospital é suspeito de matar ex-esposa

Crédito: Reprodução

A psicóloga Roseneia Gomes Machado, de 61 anos, foi morta a tiros enquanto estava dentro de um carro estacionado em um shopping no Rio de Janeiro na quinta-feira (29). As informações são do jornal Extra.

De acordo com a polícia, o suspeito do crime é o ex-marido da vítima Antônio Carlos da Silva Pires, de 65 anos, ex-diretor do Hospital Pedro II. O clínico geral cometeu suicídio logo depois do crime.

Conforme as investigações, o casal esteve junto por 30 anos, mas se separou há dois meses, após Roseneia pedir o divórcio. Testemunhas afirmaram terem visto os dois discutindo no estacionamento do shopping e depois escutaram barulho de tiros.

Segundo a Polícia Militar, a corporação foi acionada e os agentes encontraram o homem e a mulher mortos dentro de um veículo. A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) está investigando o caso. Uma perícia foi realizada no local e testemunhas estão sendo ouvidas.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel