Geral

RJ: Com fratura no pé, mulher ‘some’ de hospital e aparece morta em bairro vizinho

Crédito: Reprodução/ TV Globo

A polícia do Rio de Janeiro está investigando a morte de Valéria Muniz de Carvalho, de 52 anos. Ela estava internada no Hospital Salgado Filho, no Méier, desde a semana passada, para fazer uma cirurgia, após fraturar o calcanhar. No entanto, foi encontrada morta no início desta semana em Cachambi, a cerca de 2,5 km de distância do hospital. As informações são do G1.

De acordo com a família, na sexta-feira (18), a família recebeu uma mensagem por WhatsApp dizendo que Valéria iria passar por alguns exames. No fim de semana, eles estranharam a falta de notícias. Já na segunda-feira (21), o namorado de Valéria, Milton de Souza, foi ao hospital e recebeu a informação de que a paciente tinha deixado a unidade “por conta própria”.

Para a família, a informação causou estranhamento. “Como é que uma pessoa com pé quebrado vai sair do hospital?”, questionou Souza. Ao realizarem buscas por Valéria, os parentes descobriram que o corpo dela estava no Instituto Médico-Legal (IML). “É uma coisa inviável. A família está querendo uma explicação sobre o que aconteceu realmente”, afirmou ao G1.

Em nota ao G1, a direção do Hospital Salgado Filho informou que a paciente saiu do hospital sem autorização de alta. Conforme o hospital, não houve alta a pedido, quando o paciente assina um termo de responsabilização por interromper o atendimento médico. Por isso, não há nenhum documento assinado pela paciente.

De acordo com Polícia Civil, diligências estão sendo realizadas e a investigação aguarda o resultado do laudo pericial. O corpo de Valéria já passou por necropsia e foi liberado para o enterro que ocorreu na terça-feira (22).

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel