Geral

RJ: Carros de luxo chamam atenção entre veículos apreendidos em operação policial

Crédito: Divulgação/ PMERJ

Polícia apreendeu 10 carros durante a operação policial (Crédito: Divulgação/ PMERJ)

A Polícia Militar apreendeu 10 carros durante a operação na Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro (RJ), na terça-feira (24), que deixou mais de 20 mortos. Entre os veículos apreendidos estão dois Porsches que juntos custam mais de R$ 700 mil. As informações são do jornal Extra.

Um dos carros de luxo era usado pelo traficante Matuê, integrante da maior facção do Rio de Janeiro. Nas redes sociais, ele chegou a divulgar fotos dele com o carro. O outro veículo sem placa teria sido recém-retirado da concessionária.


Conforme a Polícia Militar, na operação foram apreendidas ainda 20 motocicletas, além de 13 fuzis e quatro pistolas. Uma grande quantidade de drogas também foi apreendida por policiais do Batalhão de Ação com Cães.

25 mortos

Ao menos 25 pessoas morreram na operação na Vila Cruzeiro. Dois suspeitos internados sob custódia no Hospital Estadual Getúlio Vargas vieram a óbito na madrugada desta quarta (25). Um menor de idade que foi levado para a UPA do Alemão já chegou morto à unidade de saúde. Com esses óbitos, segundo a Polícia Militar, são 15 suspeitos mortos em confronto.

Ao G1, a Secretaria Estadual de Saúde informou que seis pacientes permanecem internados: quatro no Getúlio Vargas; um na UPA do presídio de Bangu; e um no Salgado Filho. O paciente do Salgado Filho foi identificado como Ryan de Almeida. Baleado, ele tem quadro de saúde estável. No total, das 28 pessoas que deram entrada no Getúlio Vargas, 23 morreram.

Nessa lista não consta a moradora morta por uma bala perdida. Gabrielle Ferreira da Cunha, de 41 anos, estava em casa quando foi atingida por um tiro de longo alcance e morreu na hora. E nem o menor que chegou morto à UPA do Alemão.