Geral

RJ: Após morte de bebê, pais denunciam possível erro médico

Crédito: Reprodução/Record TV Rio

No Hospital Getúlio Vargas Filho, localizado em Niterói, um bebê morreu após dar entrada com sintomas de febre e vômito. Os pais de Mirela denunciam que ela foi vítima de um possível erro médico.

Mirela deu entrada no hospital na terça-feira (06), com 39°C de febre e vômito, mas ela foi liberada. No dia seguinte, Taís Lourenço, mãe da vítima, retornou com a garota que, após ser avaliada, recebeu soro e foi medicada. Porém, a medicação causou uma reação alérgica na menina.

“A mulher aplicou uma seringa na minha filha e não me falou o que era. Quando eu tirei a fralda, ela começou a ficar muito roxa. Em seguida, veio um monte de médico e me tiraram do local”, contou Taís, em entrevista à Record TV Rio.

A mãe de Mirela recebeu a notícia do falecimento da filha após o socorro prestado. O hospital, conhecido como Getulinho, emitiu uma nota dizendo que seguiu todos os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde e que está prestando apoio psicológico à família.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel