O Dia

Riocentro recebe encontro recorde de crianças jogadoras de xadrez

O projeto da Coordenação de Projetos de Extensão Curricular da Secretaria Municipal de Educação (SME) inseriu aulas de xadrez na grade curricular de escolas com baixo rendimento para ajudar a dinamizar a aprendizagem entre o 1º e o 5º ano do ensino fundamental

Rio – O 9º Encontro Anual Heróis do Tabuleiro reuniu mais de quatro mil alunos da rede municipal de ensino, nesta quarta-feira, dia 13, em um pavilhão do Riocentro. O “aulão” contou com número recorde de enxadristas mirins, que praticam o esporte nas aulas de Educação Física. O projeto da Coordenação de Projetos de Extensão Curricular da Secretaria Municipal de Educação (SME) inseriu aulas de xadrez na grade curricular de escolas com baixo rendimento para ajudar a dinamizar a aprendizagem entre o 1º e o 5º ano do ensino fundamental. São mais de 32 mil alunos de 96 escolas municipais.
“A GL events acredita na educação das crianças como ferramenta de transformação social para a cidade e por isso cedeu o Riocentro para receber esse grande grupo. Acompanhar um projeto como este, que chega ao seu nono ano mudando a vida de crianças, é inspirador”, diz Milena Palumbo, diretora Regional da GL events no Rio.
O objetivo das aulas de xadrez nas escolas é ajudar os alunos a adquirirem e desenvolverem suas capacidades de leitura, escrita e resolução de cálculos. Isso é possível graças às características do jogo, que potencializa funções cognitivas como atenção e concentração. O xadrez também auxilia no desenvolvimento da capacidade de argumentação, da administração de conflitos e no desenvolvimento da empatia.
A disciplina é ministrada por professores de Educação Física capacitados em metodologia própria do projeto.
Para Fátima Bispo, professora líder do projeto Heróis do Tabuleiro e organizadora do evento, este encontro anual é um momento importante para os estudantes e professores, que se dedicam a difundir a prática esportiva intelectual na sala de aula.
“Aqui jogamos luz sobre o trabalho cotidiano de alunos e professores em prol do sucesso escolar. É o momento de dar uma superdose de autoestima em cada um dos estudantes participantes. É hora de fazê-los se sentirem os maiores e melhores do mundo”, afirma Fátima, a professora criadora do projeto, em 2011, pela 7ª CRE.

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Patrick Estrela, de Bob Esponja, vai ganhar série própria

+ Sylvester Stallone coloca seu Cadillac Escalade personalizado à venda; confira!

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?