O Dia

Rio tem mais de 3,3 mil vagas de empregos

Mesmo com alto número de desempregados, estado oferece oportunidades

Rio – Na contramão do saldo positivo que o país gerou de vagas de emprego no mês de outubro – foram 70.852 postos, o Rio amargou o pior índice entre os estados considerando as admissões e os desligamentos de funcionários, conforme o Caged. Foram extinguidas cerca de 9.942 vagas no mês passado. Embora, o estado enfrente o pior patamar de desemprego, ainda é possível tentar concorrer a uma oportunidade. Para isso, O DIA listou chances disponíveis na semana. São mais de 3,3 mil chances.

A Secretaria Estadual de Trabalho e Renda (Setrab), por exemplo, oferece 1,2 mil vagas com carteira assinada, em várias regiões do estado. O maior número de chances são para operador de telemarketing, atendente de lanchonete e operador de vendas. 

Para se candidatar às vagas, o interessado deve se dirigir a uma unidade do Sine-Setrab. Além disso, o candidato também pode se cadastrar por meio do aplicativo Sine Fácil ou pelo site Emprega Brasil, através do link https://empregabrasil.mte.gov.br/.

Já a Comunidade Católica Gerando Vidas promove três ações na próxima semana. Serão mais de 1,4 mil vagas de emprego disponíveis. A primeira será na segunda e com 210 oportunidades de trabalho, na quadra da escola de samba Unidos de Bangu, na Zona Oeste do Rio. 

Comércio e serviço

Na terça-feira, o Sindicato de Telefonia do Rio de Janeiro (Sinttel-Rio), no Maracanã, na Zona Norte, receberá a ação com cerca de 340 vagas de emprego. Já a última feira de emprego será na sexta-feira, na quadra da escola de samba do Arranco, no Engenho de Dentro, e serão oferecidas 910 oportunidades de trabalho. A maioria dos postos é para os setores de comércio e serviço.