Esportes

Ricardo Gomes exalta reação do Botafogo após empate em ‘jogo estranho’

Botafogo e Flamengo fizeram um clássico bastante movimentado no último sábado. O time alvinegro chegou a estar perdendo por 3 a 1 na etapa final, mas reagiu e foi buscar a igualdade em 3 a 3 no Estádio Luso-Brasileiro, pela 15.ª rodada do Brasileirão. O resultado e a forma como seus comandados se portaram deixaram o técnico Ricardo Gomes bastante satisfeito.

“Foi um jogo estranho. Esse foi um comentário da comissão técnica do Flamengo e do Botafogo. Mas ainda bem que é assim, não se controla tudo. Tivemos falhas individuais e ficamos com dois gols de desvantagem, mas tivemos personalidade. Gostei muito e já me dá novas ideias para o futuro”, declarou.

Boa parte da reação do Botafogo passou pela entrada de Neilton no jogo. O atacante foi lançado na vaga de Rodrigo Pimpão quando o Flamengo vencia por 2 a 1, marcou o seu gol e incendiou o confronto. Ricardo Gomes garantiu que a entrada do reserva no segundo tempo já havia sido pensada antes mesmo do apito inicial.

“Eu analisei o Flamengo e achei que precisava mais do trabalho tático do Pimpão. Falei isso antes do jogo para o Neilton. Achei que seria mais importante se ele entrasse no jogo com o time do Flamengo mais cansado. Deu certo”, celebrou.

Apesar do esforço para buscar o empate, o resultado não foi dos melhores para o Botafogo, que segue próximo à zona de rebaixamento com 17 pontos, no 14.º lugar. No próximo domingo, a equipe viaja para encarar a Chapecoense na Arena Condá.