Cultura

Revista SeLecT sofre censura

Transportadora DHL recusa-se a fazer a entrega da revista na feira ARCOMadrid por considerar seu conteúdo indecente

Revista SeLecT sofre censura

ARBITRARIEDADE Capa com ator Paulo Cesar Pereio nu levou empresa a suspender entrega da revista na Espanha

A área que a revista seLecT ocuparia no setor de revistas de arte da feira ARCOMadrid, que foi aberta pelo rei Filipe VI na Espanha, há duas semanas, ficou vazia. A revista foi surpreendida por uma decisão da transportadora DHL, empresa multinacional contratada pelos Correios brasileiros para fazer o transporte dos exemplares à capital espanhola, que se recusou a cumprir a entrega por considerar o conteúdo indecente. A edição 41 da seLecT, dedicada ao tema Sexo e Arte, traz na capa uma foto histórica de Paulo Garcez de uma performance realizada pelo ator Paulo César Pereio em 1981, em que ele aparece nu. A foto foi originalmente publicada na revista Careta, naquele ano.

O departamento Sedex Mundi, dos Correios, enviou, na tarde do dia 25, e-mail à Editora Três informando que “após análise do operador logístico foi constatado o envio de material considerado impróprio”. Na terça 26, a editora foi informada pelos Correios que “as revistas em questão se encaixam em algum dos itens proibidos”. No comunicado seguinte, a informação foi de que a DHL julgou “impróprio (artigo Indecente ou Obsceno)” e por isso devolveu a carga.

A capa da seLecT informa com destaque que a venda é proibida para menores de 18 anos. Todos os exemplares da revista foram plastificados. “Fomos pegos completamente de surpresa e estamos arrasados”, afirmou a diretora de Redação da seLecT, Paula Alzugaray. “Depois de todos os episódios recentes envolvendo censura a manifestações artísticas no Brasil, não imaginávamos que seríamos censurados na saída do País”.