Geral

Retirada de óleo de navio contratado pela Vale ocorre a 70 km de parque de corais

O navio contratado pela Vale e que encalhou no dia 24 de fevereiro na costa do Maranhão iniciou a retirada de óleo na última quarta-feira, 11, a cerca de 70 quilômetros do Parque Estadual Marinho do Parcel de Manuel Luís, o maior banco de corais da América do Sul e um dos maiores do mundo, alerta a Rede de Especialistas de Conservação da Natureza (RECN).

A RECN é uma reunião de profissionais, de referência nacional e internacional, que atuam em áreas relacionadas à proteção da biodiversidade.

Os trabalhos iniciados dia 11 ainda não tem data definida para acabar segundo a RECN.

O navio MV Stella Banner está carregado com 3,4 mil toneladas de óleo e seguia para a China com carregamento de 275 mil toneladas de minério da Vale.

O Parque Estadual Marinho do Parcel de Manuel Luís tem quase 46 mil hectares dedicados à proteção integral da fauna e flora marinhas e aos recifes de corais da região.

Segundo o WikiParques, plataforma que compartilha conhecimentos sobre parques nacionais, os inúmeros labirintos submersos tornaram-se abrigo para diversas espécies marinhas, como cações-lixa, barracudas prateadas, o raro nero (maior peixe de fundo da costa brasileira), os exóticos peixe-morcego e peixe-papagaio, o sargentino e o peixe-borboleta. É também um ponto muito acessado para mergulho.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Fotos íntimas de apresentadora italiana são vazadas em aplicativos de mensagens no Brasil
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Após se aposentar da Globo, Sérgio Chapelin aparece com novo visual; veja
+ Nick Cordero morre aos 41 anos, vítima de complicações da Covid-19
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior