Economia

Resultado dos Correios permitirá pagamentos de dividendos à União de R$ 251 mi

O resultado dos Correios em 2021 vai permitir que a empresa retome o pagamento de dividendos à União, que deve ficar na ordem de R$ 251 milhões. O repasse ainda precisa ser aprovado em assembleia geral da estatal, prevista para abril. Além disso, a empresa do governo federal provisionou R$ 63 milhões para distribuição de Participação nos Lucros e Resultados (PLR) aos empregados. Esse pagamento, no entanto, ainda precisa do aval do Ministério da Economia.

Presidente dos Correios, Floriano Peixoto afirmou nesta quinta-feira, 17, que a estatal está em tratativas com a pasta para que o montante seja autorizado.


“Esses benefícios são constitucionais. E uma vez que estamos pagando dividendos, temos que distribuir PLR e também dar uma atenção ao RVA. Estamos em discussão muito intensa com o Ministério da Economia, e há sensibilidade para que seja autorizado”, disse Peixoto em entrevista coletiva após a divulgação do resultado dos Correios do ano passado.