Esportes

Restrições de voos para a Colômbia devem barrar brasileiros do Pré-Olímpico de levantamento de pesos

Fronteiras estão fechadas para a entrada de residentes no Brasil, linhas aéreas não realizam o trajeto e aeroporto em Cali está fechado por problemas com a segurança

Restrições de voos para a Colômbia devem barrar brasileiros do Pré-Olímpico de levantamento de pesos

Fernando Reis deve ter vaga olímpica confirmada (Foto: Divulgação/Instagram Time Brasil)


A Confederação Brasileira de Levantamento de Pesos (CBLP) informou que não deverá enviar seus atletas para o Campeonato Sul-Americano/Íbero-Americano/Open Pré-Olímpico, que acontece de 10 a 14 deste mês. A competição será em Cali, na Colômbia, e o governo local fechou suas fronteiras para residentes no Brasil em razão da pandemia da Covid-19. O evento é da categoria prata do ranking olímpico, com pontuação menor que outros torneios, como o Campeonato Pan-Americano, disputado em abril, na República Dominicana.

A entidade enviou comunicado à Confederação Sul-Americana (CSLP), ao comitê organizador da competição, à Federação Internacional (IWF) e ao Comitê Olímpico do Brasil (COB). Como a restrição está diretamente ligada à pandemia e ao Governo da Colômbia, a decisão foge à alçada da CBLP e o planejamento prévio não poderá ser concretizado, como aconteceu também com atletas de outros esportes.

Além disso, as companhias aéreas comumente usadas para o trajeto, como Latam, Gol e Avianca, por exemplo, também não estão operando entre os dois países. As linhas que poderiam fazer escalas em outras nações não autorizam a presença de residentes no Brasil para o percurso neste momento.

Nesta segunda-feira, a Aeronáutica da Colômbia comunicou que o aeroporto Alfonso Bonilla Aragón de Palmira, em Cali, está com os voos comerciais suspensos por questões de segurança pública, o que pode colocar em risco, inclusive, a realização do torneio.


+ Mãe conta à polícia que ateou fogo e matou bebê por ‘vergonha’ de ter a gravidez descoberta
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Youtuber é perseguido por jacaré de três metros: veja vídeo



A competição em Cali tem pontuação menor e, por isso, não interfere tanto no ranking olímpico. Fernando Reis, com pontuação entre os oito melhores do mundo na categoria +109kg, deverá ter a vaga confirmada ao fim da competição. Os outros atletas do Brasil precisam aguardar o fechamento do ranking olímpico para que a situação seja definida.

Natasha Rosa (49kg feminino) e Jaqueline Ferreira (87kg feminino) têm as maiores chances de garantir seu lugar em Tóquio. Marco Túlio Gregório (96kg masculino), Serafim Veli (96kg masculino), Rosane Santos (55kg feminino) e Luana Madeira (49kg feminino) aguardam o fechamento do ranking e a definição dos países para conquistarem uma vaga pelo ranking das Américas.

Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS