O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), afirmou que o Republicanos, legenda que hoje abriga o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, é “um partido de esquerda”. A declaração, dada em coletiva em São José do Rio Preto, onde esteve para receber uma homenagem na Câmara da cidade, vem no momento em que o próprio chefe do Executivo paulista demonstrou insatisfação com a entrada da sigla na base de apoio do governo Lula. Tarcísio chegou a falar em “avaliar” uma possível saída do partido se isso acontecer.

“Eu avalio hoje que o Republicanos é um partido de esquerda”, afirmou Eduardo Bolsonaro, afirmando que a sigla se alinha a um governo que, em sua visão, dá apoio a pautas de legalização de drogas e do aborto, “colocando adiante todo tipo de pauta que é contrária aos ensinamentos bíblicos”. “Não dá mais para dizer que o Republicanos é um partido que se atenta com relação a essas pautas que eu acredito ser o desejo dos cristãos”, disparou, em referência à legenda ligada à igreja Universal.

Eduardo Bolsonaro lembrou da troca de membros da CPI do MST em articulação com o governo, e ainda lembrou que, por ocupar um cargo de Executivo e estar livre da regra da fidelidade partidária, Tarcísio de Freitas poderia deixar a sigla quando achasse conveniente.

“Ele pode fazê-lo quando bem entender, pois é governador. Ao contrário de nós que somos deputados federal, estadual, que a gente tem a questão da fidelidade partidária, a gente só pode mudar de partido em março do ano eleitoral, o Tarcísio pode mudar quando ele bem entender”, disse, mirando as críticas diretamente no presidente do Republicanos, Marcos Pereira, um antigo aliado do bolsonarismo.

“Cabe ao Marcos Pereira e às lideranças do Republicanos dizerem o que levou eles a mudarem de opinião e apoiarem o governo federal”, disse.

O Republicanos está em negociações com o governo e já tem até um nome indicado para assumir um ministério: o deputado federal Silvio Costa Filho (PE). O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, já chegou a dizer abertamente que Lula escolheu Silvio Costa Filho, assim como André Fufuca (PP-MA) como integrantes da Esplanada, faltando definir apenas quais pastas ocuparão.

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias