Esportes

Renato Gaúcho afirma que Grêmio permaneceria na Série A se ele fosse o técnico: ‘Não ia cair’

Crédito:  Alexandre Vidal/Divulgação/Flamengo

Pela primeira vez após o rebaixamento do Grêmio, o técnico Renato Gaúcho falou sobre a queda do tricolor para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Ídolo do clube, o treinador afirmou que o time não teria caído para a Série B se ele tivesse permanecido como comandante da equipe.

“Agora difícil de falar. Eu tenho certeza absoluta que o Grêmio não iria cair. Não tenho a menor dúvida, conhecia bem o grupo, sabia da força do torcedor do Grêmio. Todas as decisões que eram tomadas eu tinha carta branca do presidente para tomar. Em quase cinco anos não tive um problema com jogador ou diretor. E o Grêmio sempre conquistando. Lógico que não iria conquistar tudo, mas o Grêmio nunca esteve em dificuldades”, disse Renato, em entrevista à Rádio Gaúcha.


“Agora fica difícil, o Renato saiu e está falando. Mas isso eu falo de boca cheia, o Grêmio não iria cair. O que aconteceu, o que deixou de acontecer, aí não é problema meu”, afirmou o treinador.

O ex-jogador deixou o Grêmio em abril de 2021, após a eliminação para o Independiente del Valle na terceira fase da Libertadores.