Economia

Relator rejeita novas modificações ao PL dos juros no Senado

O senador Lasier Martins (Podemos-RS) rejeitou novas alterações ao projeto que limita a cobrança de taxas de juros do cheque especial e do cartão de crédito. A proposta deve ser aprovada pelo Senado nesta quinta-feira, 6.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Após mudanças sugeridas por parlamentares, o relator emitiu um novo parecer antes da sessão do plenário, marcada para as 16 horas. A proposta é o primeiro item da pauta. O relatório mantém em 30% ao ano o limite das taxas cobrados por bancos nas duas modalidades. No caso das fintechs, o teto é maior, de 35%.

Durante a sessão, líderes de bancadas tentarão emplacar alterações por meio de votações separadas (destaques). O líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM), apresentou um pedido de destaque para votar uma emenda separadamente. A sugestão alinha os juros nas duas modalidades à média das outras linhas de crédito sem garantia, colocando um teto de 60%.

Veja também

+Após ficar internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea