LONDRES (Reuters) – O Reino Unido pode impedir que empresas russas levantem capital em Londres e detenham propriedade de empresas em Londres e em outros lugares se a Rússia invadir a Ucrânia, disse o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, nesta terça-feira.

Reino Unido, Estados Unidos, União Europeia e outros aliados alertaram que vão impor pesadas sanções econômicas à Rússia no caso de uma invasão.

A Rússia diz que não tem planos de invasão e que algumas unidades militares estavam retornando às suas bases.

Na semana passada, o Reino Unido implementou uma nova legislação que permite impor sanções mais amplas do que anteriormente a entidades e indivíduos russos determinados a desestabilizar a Ucrânia ou apoiar o governo russo.

“O que estamos fazendo é mirar em bancos russos específicos, empresas russas e garantir que tomemos medidas, ou tomemos ainda mais medidas, para desnudar a fachada das propriedades russas, seja nesta cidade ou em qualquer outro lugar”, disse Johnson a repórteres.

“E também tomar medidas para impedir que as empresas russas levantem capital nos mercados financeiros de Londres. Portanto, esse é um pacote muito, muito duro.”

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail

Johnson também afirmou que, embora tenha visto alguns sinais de uma abertura diplomática com a Rússia sobre a Ucrânia, as informações mais recentes sobre o que estava acontecendo ainda não eram encorajadoras.

(Reportagem de Kylie MacLellan)

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI1E0Q3-BASEIMAGE


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias