O rei Charles III recebeu, nesta quarta-feira (21), o primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, em sua audiência semanal tradicional, pela primeira vez desde o anúncio do câncer do monarca, segundo imagens dos canais de televisão do Reino Unido.

Desde o anúncio da doença do rei, em 5 de fevereiro, Charles III, de 75 anos, e o premiê conservador vinham mantendo suas conversas semanais de quarta-feira por telefone.

Durante o encontro, o chefe de governo expressou sua alegria em ver o rei “tão bem”. “Todo o país está com você”, disse a ele.

Charles III, por sua vez, destacou as mensagens “maravilhosas” que recebeu desde que a doença veio a público, acrescentando que o fizeram “chorar”.

O rei também participou nesta quarta-feira à tarde do “Privy Council” (Conselho Privado), órgão encarregado de aconselhar o monarca.

Embora continue com algumas de suas funções administrativas, o monarca se ausentou da vida pública por tempo indeterminado após o diagnóstico.

Nas últimas semanas, Charles III só foi visto em público indo à igreja todos os domingos em Sandringham, no leste da Inglaterra.

O rei começou no início de fevereiro seu tratamento contra um tipo de câncer não especificado, menos de 18 meses após ascender ao trono.

Em 6 de fevereiro, um dia após o anúncio, Sunak assegurou que a doença havia sido detectada “a tempo”.