A atriz Regina Duarte, 76 anos, revelou ter o desejo de atuar em novelas bíblicas da Record, ao apontar alguns caminhos profissionais a seguir após se envolver em política.

A declaração foi feita durante entrevista para o jornal Folha de São Paulo após ser questionada sobre voltar às novelas. Regina disse que, atualmente, sente-se mais alinhada à Record TV do que à Globo, onde trabalhou por décadas.

“Não é impossível, mas é difícil, porque, depois de tanta coisa que eu já fiz, é meio improvável que alguém consiga me propor alguma coisa nova, que eu não tenha feito ainda”, afirmou a atriz.

“Se isso acontecer e for alguma coisa que para mim significa um recado importante para o meu público, para a sociedade brasileira, claro que eu vou aceitar. Eu gostaria muito de fazer uma novela evangélica na Record, eu gosto daquelas histórias, sou fascinada por aquilo, e eu sinto que não sou só eu. Muita gente gosta”, disse.

“A TV Globo repercute uma parcela da sociedade que é ‘gritalhona’, que se expõe, que está sempre nas redes sociais, nas danças, na música. É uma nova geração que está aí, e a TV Globo replica. E tem lá o seu público. Muita gente da minha época, da minha geração, reclama e não assiste mais. É o preço que se paga por não conseguir agradar a todos, como a Globo já agradou antigamente, era 100% de audiência”, refletiu ela, acrescentando que acredita que seu público seja, em maioria, formado por apoiadores do ex-presidente.

“Quem acha que a Regina pode agregar alguma coisa são os bolsonaristas, que estão comigo. Não tenho nenhum ressentimento com isso, acho que é um direito, mas tem uma confusão aí. Muitas vezes eu fui defenestrada por algumas pessoas porque elas não gostam do Bolsonaro. E eu não posso gostar? Elas querem me impedir de ser bolsonarista? É essa a ideia? Não é um tanto ditatorial?”, questionou ela.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Regina Duarte FC (@reginaduarte.portugal)