Brasil

Regina Duarte defende “Bruna Surfistinha” e rebate ministro do Turismo

Crédito: Reprodução/Facebook

Regina Duarte foi convidada por Jair Bolsonaro para assumir a secretaria de Cultura (Crédito: Reprodução/Facebook)

A atriz Regina Duarte rebateu as críticas do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, sobre o filme “Bruna Surfistinha” em uma reunião na semana passada. As informações são da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo.

Durante o encontro, o ministro teria afirmado que o longa, estrelada pela atriz Deborah Secco, é um exemplo de projeto que o governo não deve apoiar. Regina Duarte, que foi convidada por Jair Bolsonaro para assumir a Secretaria de Cultura, rebateu a crítica, afirmando que o filme tem classificação indicativa e que a prostituição é a profissão mais antiga do mundo.

Segundo a Folha, a atriz reforçou que é uma artista e que eles não poderiam se esquecer disso. Um dos principais papéis de Regina Duarte foi o da Viúva Porcina, uma ex-prostituta, na novela “Roque Santeiro”, da TV Globo.

Regina Duarte foi convidada para assumir o cargo na Secretaria de Cultura logo após a exoneração do dramaturgo Roberto Alvim, demitido por parafrasear discurso do nazista Joseph Goebbels. Ela ainda não foi oficializada no cargo.