Cultura

Regina Casé diz ter sofrido preconceito em loja nos Estados Unidos


A atriz Regina Casé falou sobre uma situação em que afirma ter sofrido preconceito em uma loja nos Estados Unidos em entrevista ao Conversa com Bial, da Globo, na última quinta-feira, 25.

Regina afirmou que ao entrar na loja a gerente teria chamado um segurança para “ficar de olho nela”: “Como eu tô muito atenta e sei que isso acontece diariamente com os negros, eu ouço, presto atenção em como ela fala, presto atenção em como, quando eu tô andando, o segurança tá de olho em mim e no Estevão [seu marido]. Talvez eu esteja mais atenta. É como se eu tivesse uma lente de aumento” .

“Acho que pra milhares de pessoas, principalmente pessoas que tão acostumadas, mesmo sendo da minha cor, a acreditarem que são brancas, [porque] no Brasil são brancas, a pessoa tá ali, ouve aquilo e fala: ‘Isso não é comigo. Eu tenho grana, e no Brasil, mesmo com essa cor, eu sou branca'”, continuou sobre o tema.

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ A motos mais roubadas em 2021
+ “Prefiro ser julgada com os milhões que vão cair na minha conta”, diz Aricia Silva ao criar perfil no OnlyFans