Economia

Reforma administrativa será enviada ao Congresso ‘assim que possível’, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda-feira, 9, que a reforma administrativa será enviada ao Congresso nesta semana “ou assim que o presidente” Jair Bolsonaro chegar ao Brasil. Mais tarde, na mesma conversa que teve com a imprensa, o ministro disse que o governo mandará a proposta “assim que possível”.

“Presidente chegando nós vamos conversar sobre isso”, comentou o ministro da Economia.

A programação de Bolsonaro nos Estados Unidos prevê agenda até a terça-feira, 10.

“Presidente foi muito claro. Ano passado não era o momento. Ele disse o seguinte: ‘no início do ano que vem vamos mandar’. A equipe do presidente se debruçou sobre a reforma administrativa, analisaram várias reformas do mundo inteiro para dar sugestões a nossa equipe, deram sugestões. Isso acabou há duas semanas. Presidente deu ok. E agora é uma questão de oportunidade. Se o presidente estivesse aí, de repente estava indo hoje”, afirmou o ministro.

Guedes disse ainda que a proposta “quase foi” enviada na semana passada. “Mas tínhamos marcado uma ida a São Paulo, acabamos perdendo o timing”, disse.