VARIEDADES

RedeTV! nega demissão de superintendente após cena de nudez explícita

Crédito: Reprodução

Ao contrário do que afirmou Elias Abrão, superintendente da RedeTV!, em seu Twitter, ele não sairá da emissora após transmitir ao vivo imagens de partes íntimas da modelo Ju Isen, que estava pintada de verde, durante o programa Bastidores de Carnaval na sexta, 24. Abrão escreveu no último dia 26 que havia pedido seu desligamento do canal, mas o vice-presidente da emissora, Marcelo de Carvalho, afirmou à reportagem na tarde desta segunda-feira, 6, que o superintendente vai continuar na RedeTV!. “Ele estava em Nova York com a família, não tem nada disso”, declarou Carvalho.

Apesar de relutar em comentar o suposto pedido de demissão de Abrão, Carvalho discorreu sobre a gafe. “Se no evento artístico talvez mais importante do mundo, que é o Oscar, os camaradas conseguiram errar o nome do melhor filme na frente de bilhões de pessoas, o que dirá uma gafe numa transmissão ao vivo de quatro ou cinco dias”, disse. “Em qualquer transmissão ao vivo podem acontecer problemas.”

Sobre as precauções para o próximo carnaval, Carvalho brincou: “Desejo que as moças pintadas não se agachem, lógico. A gente talvez precise botar uma ‘tapadeira’ a meio metro de altura, deixar preparado. Mas absolutamente acho divertidíssima nossa transmissão, ela não é monótona”, afirmou o vice-presidente, que disse ainda ‘odiar’ a transmissão tradicional do carnaval.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel