O Red Bull Bragantino está de volta ao G-6 do Brasileirão. Dentro de casa, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, virou para cima do Vitória, por 2 a 1, em duelo válido pela 11ª rodada. A derrota devolveu o time baiano para a zona de rebaixamento.

Com gols de Eric Ramires e Helinho, o Red Bull Bragantino chegou a 18 pontos e fecha o grupo da pré-Libertadores, em sexto lugar. Já o Vitória teve sua reação freada, após quatro jogos sem perder, mas voltou a frequentar a zona de rebaixamento, em 17º lugar, com nove pontos.

+ Palmeiras tem 5ª vitória seguida, com brilho de Estêvão e retorno de Dudu
+ Pedro faz de pênalti, Flamengo afunda Fluminense na lanterna e lidera o Brasileirão

O time paulista buscou ter a posse de bola no início e atacar pelos lados do campo, mas não abria espaços. O Vitória não deixava de ser agressivo e foi quem abriu o placar, aos 16 minutos. Jean Mota recebeu cruzamento rasteiro e não desperdiçou na finalização.

Os visitantes por pouco não ampliaram, em cabeçada de Willean Lepe, defendido por Cleiton. Mesmo após sofrer o gol, o Bragantino não mudou seu padrão de jogo. Em um dos cruzamentos na área, Eduardo Sasha finalizou, o goleiro deu rebote e Eric Ramires deixou tudo igual, aos 47.

Na segunda etapa, o Red Bull Bragantino seguiu com mais posse de bola e tinha o domínio do jogo. Superioridade essa que resultou na virada, aos 20 minutos. Lucas Evangelista arrancou ainda do campo de defesa e serviu Helinho, que já dentro da área, bateu cruzado.

O Vitória por pouco não respondeu de imediato, em cabeçada de Lucas Esteves. No melhor estilo de Pedro Caixinha, os donos da casa não abaixaram a guarda, mas diminuíram a intensidade. Trocando muitos passes na linha defensiva, o time paulista conduziu a vitória até o apito final.

O Red Bull Bragantino volta a campo na quarta-feira, quando visita o Botafogo, às 19h00, no Engenhão, no Rio. Já o Vitória atua na quinta-feira, no Rio de Janeiro e contra outro time carioca, o Fluminense, às 19 horas, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO 2 X 1 VITÓRIA

RED BULL BRAGANTINO – Cleiton; Jadsom SIlva (Nathan Mendes), Pedro Henrique, Luan Cândido e Juninho Capixaba; Raul, Eric Ramires (Henry Mosquera) e Lucas Evangelista; Helinho (Laquintana), Eduardo Sasha (Thiago Borbas) e Vitinho (Gustavinho). Técnico: Pedro Caixinha.

VITÓRIA – Lucas Arcanjo; Willean Lepo, Reynaldo (Osvaldo), Wagner Leonardo e Lucas Esteves; Rodrigo Andrade, Willian Oliveira (Raúl Cáceres), Léo Naldi (Luan Vinícius) e Jean Mota (Matheuzinho); Eryc Castillo e Luiz Adriano (Fábio). Técnico: Thiago Carpini.

GOLS – Jean Mota, aos 16, e Eric Ramires, aos 47 minutos do primeiro tempo. Helinho, aos 20 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Helinho e Nathan Mendes (Red Bull Bragantino); Lucas Esteves e Luan Vinícius (Vitória).

ÁRBITRO – Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS).

RENDA – R$ 134.220,00.

PÚBLICO – 4.426 torcedores.

LOCAL – Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).