Esportes

Recurso da Argélia por arbitragem contra Camarões é negado pela Fifa

O recurso apresentado pela Argélia contra a arbitragem do jogo das eliminatórias para a Copa do Mundo-2022 perdido para Camarões foi negado neste sábado pela Fifa, que considerou “o caso encerrado”.

Depois de vencer a partida de ida por 1 a 0 em Camarões, as “Raposas do Deserto” foram eliminadas por 2 a 0 no dia 29 de março na segunda partida na Argélia, com um gol de Karl-Toko Ekambi marcado nos últimos segundos da prorrogação.

No dia 31 de março, a Federação Argelina (FAF) anunciou a apresentação de um recurso junto à Fifa e pediu a repetição da partida devido à “arbitragem escandalosa” do gambiano Bakary Gassama.

No entanto, a comissão de árbitros da Fifa rejeitou esse pedido, de acordo com o email divulgado neste sábado pela FAF.

“Lamentamos que, de acordo com sua avaliação, as decisões dos árbitros possam ter uma influência negativa no decorrer da partida. Todos os incidentes ocorridos durante a partida foram cuidadosamente examinados pelos dois árbitros de vídeo, de acordo com as regras do jogo e o protocolo de assistência à arbitragem de vídeo”, escreveu a comissão.

Contactada pela AFP, a Fifa confirmou que a Federação Argelina recorreu à sua comissão disciplinar e solicitou a análise da sua comissão de arbitragem.

“A Fifa respondeu à FAF sobre os dois assuntos e os considera um caso encerrado”, disse um porta-voz da entidade máxima do futebol à AFP por email.

bur/ezz/jr/dam/psr/aam