Ediçao Da Semana

Nº 2743 - 19/08/22 Leia mais

A seleção brasileira iniciou a segunda fase da Liga das Nações com vitória de virada sobre a Turquia, por 3 a 1, no ginásio Nilson Nelson, em Brasília. E terá um reforço de peso para encarar a Holanda na segunda rodada, nesta quinta-feira. A experiente ponteira Rosamaria, destaque na Olimpíada de Tóquio, está recuperada de uma entorse no tornozelo esquerdo e pronta para ser uma das líderes do renovado time de José Guimarães.

“Estou fazendo o meu máximo para ajudar da melhor maneira dentro de quadra. Esta será uma etapa muito difícil, com grandes equipes, mas tenho certeza que, por estarmos em casa, o apoio da torcida será muito importante para nós. E acho que todos que acompanharem as partidas poderão ver o quanto esta equipe quer dar o melhor, quer o resultado positivo, jogar bem”, enfatiza Rosamaria, hoje é uma das mais experientes da seleção feminina aos 28 anos.

“Eu já passei por bastante coisa por aqui (na seleção), mas a gente sempre tem muito mais para aprender. Estou muito feliz de poder representar o Brasil mais uma vez. Esse espaço na seleção precisa ser conquistado todos os dias”, diz. “Quero passar um pouco da minha experiência para elas, e, ao mesmo tempo, deixá-las mais tranquilas, mais à vontade para que possam mostrar 100% do talento que eu sei que elas têm”, afirma.

Rosamaria prevê um duro embate com as holandesas, mas acredita em superação da seleção brasileira. “Assim como todos os outros jogos que teremos aqui em Brasília, o confronto contra a Holanda será muito difícil. É uma equipe que vem renovada, mas ainda conta com nomes mais conhecidos. Elas têm um poder de ataque muito forte”, avalia. “O foco está mais no nosso crescimento como equipe, dar experiência e rodar o time. Estamos em um momento de evolução. Acredito que será um jogo complicado, mas que podemos sair com um ótimo resultado.”

O técnico José Roberto Guimarães mostra satisfação com o retorno de Rosamaria e cita a importância de ter a jogadora em quadra auxiliando as mais jovens nesta nova fase da equipe.

“A Rosamaria ainda está voltando à melhor forma depois de uma contusão importante. Ela é uma atleta com uma certa bagagem, disputou campeonatos importantes pela seleção brasileira e pelos clubes por onde passou. É muito bom contar com ela no grupo”, elogia. “Ela chegou aqui na equipe ainda muito jovem, passou por um processo de evolução e aprendizado gradativo, e hoje é uma peça importante para o grupo.”