Economia

Recuperação da produção de veículos faz indústria de fundição voltar a crescer

Puxada, principalmente, pela retomada da indústria automobilística, a produção nacional de peças fundidas, que vem de três anos consecutivos em queda, cresceu 6,8% no acumulado de janeiro a julho e deve encerrar o ano marcando alta de 10%, segundo números da Associação Brasileira de Fundição (Abifa), entidade que reúne as empresas do setor.

Pelas previsões da associação, a indústria de fundição vai produzir 2,3 milhões de toneladas em 2017, voltando ao patamar de 2015, mas ainda bem abaixo da capacidade de produção do setor de fundir 4 milhões de toneladas de peças por ano.

“Sinto que não estamos mais em um voo de galinha, mas vivemos um crescimento sustentável, que gera muito otimismo no mercado de fundição”, afirma Roberto João de Deus, diretor-executivo da Abifa.

A indústria de fundição brasileira está entre as dez maiores do mundo, num ranking encabeçado pela China, que produz mais de 45 milhões de toneladas por ano.

No total, 1,2 mil empresas trabalham nesse ramo de atividade, que, conforme as previsões da Abifa, deve faturar US$ 7,5 bilhões neste ano.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel