Geral

Recepcionista nega tirar tranças para trabalhar, é demitida e processa empresa

Crédito: Arquivo pessoal

A transição capilar às vezes pode ser demorada e, por isso, muitas pessoas que têm cabelos crespos e cacheados optam por colocar tranças no cabelo. Esse foi o caso de Karina Carla, de 35 anos, que voltou de férias em abril com o novo visual. Apesar de estar feliz com a mudança, a clínica médica em que ela trabalhava em Belo Horizonte (MG) não teve a mesma aceitação do novo penteado.

Usando maiô, Simaria exibe curvas e ganha elogios no Instagram

Ellen Roche relembra papel em que precisou engordar 12 kg: “Grandes mudanças”

No processo divulgado na última sexta-feira (20) pelo Tribunal Regional do Trabalho, quando Karina chegou ao local com as tranças, a ex-chefe tirou uma foto e enviou para uma consultora de imagem que trabalha para a empresa. Depois disso, a recepcionista foi orientada a retirar as tranças, pois eram muito “informais” para a clínica. Karina negou, e seis dias depois foi mandada embora.

O processo em cima da clínica médica por danos morais pede indenização de R$ 30 mil. A empresa entrou com recurso, e Karina também. Em entrevista ao UOL, ela disse que foi difícil manter a decisão de não tirar as tranças, mas ela conseguiu. “A trança, além de me ajudar na transição capilar, faz parte da minha identidade e cultura”, disse ela, que é negra. O lugar onde ela trabalhava nega que esse tenha sido o motivo da demissão, e que o que causou o desligamento da recepcionista foi a queda no movimento.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Idoso morre após dormir ao volante e capotar veículo em Douradoquara; neto ficou ferido
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel