Economia

Receita quer reaver R$ 50 milhões sonegados por médicos do Detran-SP

A Receita Federal (RF) apura, por meio da Operação Autoexame, casos de sonegação fiscal do Imposto de Renda de médicos e psicólogos credenciados no Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran/SP). A estimativa é recuperar mais de R$ 50 milhões com a ação, segundo a Receita.

Os exames de saúde obrigatórios do Detran, como primeira habilitação e renovação de carteira, são pagos diretamente ao prestador de serviço credenciado. A Receita apurou casos em que esses rendimentos não foram declarados e estima que a sonegação anual seja de aproximadamente R$ 150 mil por profissional. No momento, a Receita conduz 110 procedimentos fiscais. As primeiras fiscalizações da operação foram instauradas em julho deste ano.