Brasil

Rebelião em presídio de Manaus deixa 15 detentos mortos

SÃO PAULO, 27 MAI (ANSA) – Uma rebelião neste domingo (26) no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus, deixou 15 detentos mortos.   

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

De acordo com a Secretaria de Comunicação do Governo do Amazonas, as mortes aconteceram por conta de uma briga entre os presos, que começou por volta do 12h30 (horário de Brasília).   

O motim iniciou durante o horário de visita e alguns parentes dos detentos precisaram ser retirados rapidamente do local.   

Ainda de acordo com o secretário de Segurança Pública do Estado, alguns presos foram mortos na frente dos familiares.   

Até o momento, não há informações se algum detento conseguiu fugir. No entanto, nenhum agente penitenciário virou refém dos presos.   

Em janeiro de 2017, o Compaj foi palco de uma outra grande rebelião, que iniciou uma onda de assassinatos nos presídios do país. Na ocasião, 56 pessoas morreram no massacre.(ANSA)

Veja também

+Após ficar internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Por decisão judicial, Ciro Gomes tem imóvel penhorado em processo com Collor

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea