Geral

Reação a assalto acaba com três feridos a tiros no centro do Rio


Um tiroteio deixou três pessoas feridas no Largo da Carioca, no centro do Rio, na tarde desta sexta-feira, 24. Duas foram atingidas de raspão e não correm risco de morte. Até as 19 horas, não havia informações sobre o estado de saúde do terceiro ferido.

Um assaltante tentou roubar um homem que havia sacado dinheiro e saía de uma agência bancária. Um policial militar de folga, à paisana, flagrou a tentativa de assalto e interveio.

Começou uma troca de tiros, e o acusado de assalto foi baleado. Duas pessoas que passavam pelo local também foram atingidas, de raspão. O assalto não se concretizou.

A Polícia Militar foi acionada e o rapaz foi preso e encaminhado ao hospital. As duas vítimas de balas perdidas também foram atendidas.

Segundo a PM, o acusado pelo assalto estava com um revólver calibre 38, dois telefones celulares e um envelope com dinheiro. Tudo foi apreendido. Conforme a Polícia Civil, o rapaz era foragido da Justiça. Ele havia deixado a prisão em dezembro, para o indulto de Natal, e não voltou mais.


+ Casal posta fotos nus em pontos turísticos e ganha fama na web
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS