Em Cartaz

Rap com orquestra sinfônica

Crédito: Íris Zanetti

O cantor e compositor mineiro Flávio de Abreu Lourenço, o Flávio Renegado, de 37 anos, misturou samba, MPB, hip hop e jazz. No quarto álbum em 17 anos de carreira, “Suíte Masai”, realiza uma façanha tida como impraticável: conjugar os gêneros populares – sintetizados no rap – com a música erudita. Em parceria com a Orquestra Ouro Preto e uma banda de rap, apresenta 15 faixas em que todos as combinações harmônicas parecem possíveis. A regência de Rodrigo Toffolo e os arranjos de Marcelo Ramos amplificam a exaltação à arte que faz o cantor.

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel
+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês
+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Educar é mais importante do que colecionar