Brasil

Randolfe Rodrigues (Rede-AP) vai à seção eleitoral com livro e vota em Haddad


Com o livro “Como as democracias morrem”, de Steven Levitsky e Daniel Ziblatt, o senador reeleito Randolfe Rodrigues (Rede-AP) chegou para votar na escola Coaracy Nunes.

Para o governo do Amapá, Randolfe declarou neutralidade. Para a presidência do Brasil, declarou voto em Fernando Haddad (PT) dizendo que por ser cristão, aprendeu com Cristo torturado a repudiar a tortura e a não confiar em quem professa a violência.

“Sou historiador, sei os males que a ditadura traz para os povos. Sou professor de Direito, meu ofício me leva a votar no candidato que se submeterá à Constituição”, disse.

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago