Esportes

Ralf volta a treinar no Corinthians após acidente e tem conversa com Carille

O volante Ralf retornou aos treinos do Corinthians nesta segunda-feira três dias após se envolver em um acidente de carro. O jogador ficou fora da atividade de sábado e não foi relacionado para o clássico com o São Paulo, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

O clube não punirá Ralf pelo ocorrido na noite de sexta-feira. O jogador sofreu ferimentos leves e estava no veículo como passageiro. Segundo nota divulgada pelo clube no sábado, “na tentativa de fugir de um assalto, o motorista que conduzia o automóvel perdeu controle e, infelizmente, atingiu uma pessoa e invadiu a garagem de uma casa”. A vítima foi socorrida e passa bem.

“Não haverá nenhuma punição. Isso acontece. Ele sofreu um acidente e não estava dirigindo. Infelizmente essas coisas acontecem, e ele ficou fora porque acabou não treinando no sábado, teve que depor na delegacia, por isso a gente entendeu que era melhor ele não participar. Eu acho que foi o acidente. Não tem o que falar do Ralf, é um excelente profissional, há anos aqui, conhecemos muito bem e nunca deixou de correr em campo, se doar. Infelizmente foi um acidente e acabou ficando fora por conta de depoimento e não ter treinado sábado”, disse o diretor de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro Alves.

Depois de perder para o São Paulo por 1 a 0, o time enfrentará o Goiás, na quarta-feira, fora de casa, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. No início dos trabalhos, Fábio Carille comandou um treino técnico em espaço reduzido, seguido de um trabalho de aprimoramento de finalizações. Ralf participou normalmente e teve uma rápida conversa com o treinador durante a atividade.

Para a partida, o treinador espera contar com os retornos de Sornoza e Pedrinho. O equatoriano retorna da sua seleção nesta terça-feira. Pedrinho, que está com o time pré-olímpico do Brasil, tem seu último compromisso na noite desta segunda-feira e deve se juntar à delegação corintiana em Goiânia.

O Corinthians se manteve na quarta colocação do Brasileirão após o tropeço, com 43 pontos. O São Paulo, no entanto, igualou a pontuação, mas segue atrás por causa do saldo de gols (11 a 10).